Página inicial > Artigos e dicas > 5 dicas para encarar castings e audições como um profissional

5 dicas para encarar castings e audições como um profissional

Criou: 07-09-2021

Este artigo compila uma série de conceitos essenciais para encarar um casting ou audição de forma profissional, ao mesmo tempo que você projeta uma carreira no meio artístico.

Uma estratégia e um enfoque

Que considerações você deve ter antes de fazer um casting ou audição? Um aspirante à pantalha ou passarela deve considerar todos os detalhes ao fazer um teste.

É imprescindível ter uma preparação focada, assim como estudar o tipo de oferta, quem a oferece, se o perfil procurado corresponde ao próprio ou à capacidade interpretativa, fazendo uma leitura tanto do que se pretende para o trabalho como do ambiente da convocatória. Saber escolher os castings e que você também pode dizer “não”.

Ser chamado para o casting significa afrontar o que você tem a oferecer para um pedido muito específico. Estar consciente de todas as partes do processo é fundamental, mas pergunte-se primeiro: por que você deveria conseguir este emprego? O que é que você sabe ou pode fazer que o torna a melhor escolha possível?

Em cada casting que você participe vai precisar uma enfoque e estratégia para responder corretamente a essas duas perguntas.

Profissional e boa pessoa

São conhecidas histórias de artistas brilhantes que são arrogantes e intratáveis. A realidade é que ser responsável com as exigências do casting, pontual, educado e respeitoso; atuar sem dramatismo maior do que o exigido pela cena de teste, ouvir atentamente, ser espontâneo e simpático, e demonstrar uma atitude profissional sempre, são aspectos muito bem ponderado por qualquer produtor e agência.

O feeling, a seriedade, a responsabilidade, a espontaneidade, o modo de ouvir e expressar ideias oportunamente, por compreenderem essa situação de exposição como parte de um processo profissional de criação coletiva, também podem ser elementos cruciais para cultivar oportunidades ou deixar portas abertas.

Lembre-se de que, embora que pareçam distantes, aqueles que selecionam e dizem "sim" também são seres humanos e eles precisam ter empatia com você.

Sem Nervos

Ficar calmo e ter a tranquilidade necessária ao enfrentar uma audição é metade do segredo do sucesso. Não há outra forma de demonstrar o potencial, o conhecimento, a qualidade humana e o carisma mais do que ter toda a naturalidade possível nesse momento. Ficar nervoso é perfeitamente normal e acontece com todos, mas será impossível seguir uma estratégia se você não ficar calmo.

Então, relaxa! No final das contas, há uma chance maior de não ser escolhido. Existem centenas de receitas e artigos no YouTube com “dicas e segredos” para fazer uma boa audição, mas a aceitação ou não vai depender de duas coisas: primeiro, de uma boa preparação e apresentação, e segundo, das condições específicas de quem escolhe.

O poder dos relacionamentos

Depois de saber quais armas você tem disponíveis para competir (estratégia e abordagem), ter tranquilidade (sem nervos) e uma boa atitude (empatia), é vital encontrar e definir aliados.

O poder das relações públicas e a importância de ser reconhecido no meio é inegável e além disso é um fator crucial para você se projetar a longo prazo. Portanto, se você está apenas entrando no mundo do casting e das audições, precisa se interessar em construir bons relacionamentos desde o início. O palco por excelência é justamente a audição, altura em que poderá conhecer e compartilhar com profissionais do meio, colegas e produtores.

Ainda das poucas oportunidades, e do facto de normalmente não existirem relações desinteressadas ou interesses por vezes conflituosos, a melhor opção é ter um círculo de contatos profissionais (o mais próximo possível) que conheçam o seu valor e o seu potencial artístico. São eles que, se for necessário, saberão se podem ou não contar com você; eles vão te considerar em seus projetos e vão te recomendar.

Dê a eles o que procuram

O ponto reside na necessidade de entender o escopo do projeto e as necessidades específicas do papel no momento da audição. O diretor de elenco não quer saber tudo o que você é capaz de fazer, ele só precisa resolver um problema criativo, estético ou artístico. Você deve ser a solução para esse problema.

É o artista confrontado na audição, que a partir de seu estudo do papel, sua preparação, intuição e seu talento, deve construir a representação que melhor expresse o que produção procura. Se você tem o que é preciso, você deve convencê-los! E se você consegues isso, às vezes o trabalho será seu.